quarta-feira, 14 de setembro de 2011

CURIOSIDADES SOBRE MACHADO DE ASSIS


Machado de Assis era míope, gago e sofria de epilepsia. Enquanto escrevia Memórias Póstumas de Brás Cubas, foi acometido por uma de suas piores crises intestinais, com complicações para sua frágil visão. Os médicos recomendaram três meses de descanso em Nova Friburgo. Sem poder ler nem redigir, ditou grande parte do romance para a esposa, Carolina (Carolina Augusta Xavier de Novaes). 
A Carolina
Querida, ao pé do leito derradeiro
Em que descansas dessa longa vida,
Aqui venho e virei, pobre querida,
Trazer-te o coração do companheiro.

Pulsa-lhe aquele afeto verdadeiro
Que, a despeito de toda humana lida,
Fez a nossa existência apetecida
E num recanto pôs um mundo inteiro.

Trago-te flores, - restos arrancados
Da terra que nos viu passar unidos
E ora mortos nos deixa separados.

Que eu, se tenho nos olhos malferidos
Pensamentos de vida formulados,
São pensamentos idos e vividos.

NASCIMENTO
Joaquim Maria Machado de Assis Nasceu em 21 de junho de 1839, na quinta livramento, no Rio.
foi matizado em 13 de novembro do mesmo ano, na Igreja onde seus pais se casaram.
                                                          PAI
O carioca Francisco Jose de Assis, pai de machado, era pintor de paredes e descendente de escravos alforriados.                                 
 MÃE
Maria Leopoldina Machado de Assis, mãe do escritor, nasceu na Ilha de São Miguel, no arquipélago de Açores. Ela morreu quando ele tinha dez anos.
MADRINHA
O avô do escritor foi escravo na Chácara de Maria José de Mendonça Barroso, no Morro do Livramento. Ela batizou o escritor e em sua biblioteca que machado começou a ler.
SARAMPO
A única irmã do escritor, Maria Machado de Assis, dois anos mais velha, e a madrinha dele, Maria José Mendonça Barroso, morreram em 1845. As duas vítimas de sarampo.
MADRASTA
Cinco anos após da morte da mãe de Machado de Assis, Causada por tuberculose, seu pai se casou com Maria Inés da Silva, que era lavadeira, cozinheira e doceira.
                                                                        ÓRFÃO 
Depois da sua mãe e da única irmã, Machado foi amparado pela madrinha até o segundo casamento de seu pai.Quando ele morreu, ficou na companhia da madrasta, Maria Inés .  
                                                                    INFÂNCIA
Machado não teve educação Formal e teria trabalhado desde criança, como vendedor de balas e doces feitos por sua madrasta e engraxate. Talvez tenha sido coroinha.
                                                                    AUTODIDATA
Machado traduziu o romance "os trabalhadores do mar", de Victor Hugo na juventude, publicado em 1886, pela Perseverança. Estudou sozinho alemão e Inglês.
LEITOR ESCONDIDO
O diretor da Tipografia Nacional teria se interessado por o jovem de 17 anos que era pego escondido. Apesar de o chefe diretor pedir sua demissão, o diretor deu um aumento a Machado de Assis.
AMORES
Em carta então noiva Carolina, em 1868, ele escreveu:" A minha história passada no coração resume-se em dois capítulos:um amor não correspondido, outro correspondido."
PAIXÃO
A paixão não correspondida que o escritor revela a noiva Carolina, é Gabriela Augusta da Cunha, famosa atriz portuguesa,que o autor chamava de Carina.
FOI-SE
Quando Carolina morreu, Machado escreveu ao amigo Joaquim Nabuco:"foi-se a melhor parte da minha vida. Aqui fico,  por ora, na mesma casa, no mesmo aposento, com os mesmos adornos seus".
LUTO
Tudo me lembra a minha meiga Carolina. Como estou a beira de eterno aposento, não gastaria muito tempo em recordá-la. Irei vê-la, ela me esperará",  escreveu após a morte da mulher.
XADREZ
Machado de Assis era apaixonado por xadrez. As peças do jogo que pertenceu ao escritor foi esculpida em madeira e estão em exposição na Academia Brasileira de Letras.
MORTE
Em 29 de setembro de 1908, as 03h20,Machado morre em sua casa na rua de Cosme Velha. Apesar do escritor ser mulato,seu atestado de óbito diz que sua cor é branca.
O CRONISTA
o autor escreveu mais de 600 crônicas ao longo de 40 anos, tornando-se um dos mais responsáveis pela popularização do gênero no país.
PRIMEIRO LIVRO
O primeiro livro publicado foi " Crisálidas", de poemas, em 1864. Os versos bastantes românticos não tiveram nem repercussão nem criticas severas.
BRÁS CUBAS
"Memórias Póstuma de Brás Cubas" começou a sair em folhetins, na "Revista Brasileira", em 1880. Foi publicada em volume no ano seguinte. Causou espanto  pelo tom irônico e a narrativa.
DRAMATURGO
Machado de Assis escreveu nove peças de teatro, entre 1860 e 1906. Desde os 21 anos ele já as escrevia e era critico teatral. foi também eleito para o Conservatório Dramático Brasileiro.
DINHEIRO
A imagem de Machado de Assis foi estampada na cédula de mil cruzados, que circulou entre 1987 e 1990.                                    
 MAUSOLÉU
Em 1999, os restos mortais de Machado e Carolina foram transferidos para o Mausoléu da Academia Brasileira de Letras. O jazigo no cemitério São João Batista foi vendido em 2001.
  MOBILIÁRIO
A Academia Brasileira de Letras criou em 1999 o espaço Machado de Assis, destinados a consultas e pesquisas, com peças do mobiliário,quadros e fotografias que pertencem ao autor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário